BLOG

Beat: Viver próximo de áreas verdes está ligado a menores índices de hipertensão

O verde embeleza e enriquece a paisagem urbana de qualquer cidade. Ruas arborizadas, parques, praças são espaços que criam uma estética urbana bonita, mas vai ainda além disso. Um estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), indica que as pessoas que vivem próximas a estes espaços têm menores riscos de hipertensão, uma condição que pode causar infartos e derrames.

A natureza está relacionada ao bem-estar há tempos. Estudos anteriores já comprovaram essa relação. No entanto, os cientistas da USP realizaram a pesquisa analisando dados de colaboradores da instituição - 3.418 funcionários, todos moradores da cidade de São Paulo. Desses, 1093 eram hipertensos.

Os pesquisadores avaliaram a quantidade de espaços verdes em um raio de 300 metros das casas desses participantes, além de checar a presença da natureza em seus bairros e regiões.

Depois de cruzar todos os dados, o estudo concluiu que a cada 10 mil árvores em uma região, as chances dos moradores dessa área desenvolver hipertensão caia 7%. O trabalho ainda considerou outros fatores de risco para a pressão alta.
 

O benefício dos parques


Outro ponto analisado foram os parques com áreas verdes. Esses espaços mostraram impactos positivos na saúde. De acordo com o estudo, ter um local como estes em um raio de 1 quilômetro, baixou a possibilidade de viver com hipertensão em 12,4%. Percentual que melhora ainda mais quando se está a esta distância de duas áreas verdes: 26%.

Os pesquisadores acreditam que os resultados estejam ligados ao fato de que as plantas limpam o ar e geram mais umidade. Isso reduziria os índices de poluição, problema ambiental relacionado a doenças cardiovasculares. Lembrando também que essas áreas verdes são um incentivo à realização de exercícios físicos, uma prática aliada do coração.
 

Mais razões para viver perto de uma área verde


Além dessa excelente contribuição investigada pelos pesquisadores, viver perto de áreas verdes ainda realiza uma soma de fatores, numa equação da qual o resultado é o nosso bem estar. Confira:

Espaços verdes promovem a saúde mental - Está comprovado: as áreas verdes relaxam a mente e estimulam a meditação, aspectos essenciais para uma boa saúde mental. Além disso, estar em espaços verdes restaura a atenção, facilitando colocar o foco em tarefas relacionadas ao trabalho e produtividade.

Parques e áreas verdes incentivam a atividade física - O ambiente espaçoso, o ar fresco e a grama macia incentivam a atividade física, portanto, esta é uma boa oportunidade para caminhar, correr e praticar exercícios.

Permitir que crianças e animais de estimação liberem energia - As áreas verdes permitem que crianças e animais de estimação brinquem com tranquilidade e segurança em ambientes naturais. Além disso, permite que vivenciem e conheçam algo além do ambiente urbano.

As áreas verdes regulam a temperatura  - Os espaços com áreas verdes em Lima regulam a temperatura.  Isso significa que eles reduzem o calor e protegem contra as emissões de UV, até mesmo nos arredores de suas áreas de influência.

Áreas verdes reduzem CO2 - Um fator importante são as árvores e arbustos. Essas plantas, como sabemos, captam a poluição de CO2 e a transformam em oxigênio.

Parques com áreas verdes geram pequenos ecossistemas - As áreas verdes estão repletas de árvores. Isso significa que eles abrigam pequenos ecossistemas que atraem todos os tipos de pássaros. Assim, temos um pedaço da natureza dentro da cidade.
 

Beat é próximo de uma área verde: o Parque da Redenção
 

Uma das vantagens de optar por viver no Beat, além dele ser em um dos bairros mais famosos da cidade, a Cidade Baixa, é que o empreendimento está muito próximo de uma dos maiores parques de Porto Alegre. O Parque Farroupilha, também chamado de Redenção, é um ponto obrigatório para quem busca relaxar, curtir e se divertir em contato com a natureza.

Trata-se da área de lazer mais tradicional da capital gaúcha. Também a mais democrática, pois reúne ali todos estilos, idades, gostos e etnias. Essa diversidade toda tem muito a localização do Parque. Entre o Bom Fim e a Cidade Baixa, é o quintal de muitos porto-alegrenses que vivem pela região.

E também poderá ser o jardim natural de quem optar pelo Beat. Distante alguns metros dessa fantástica área verde, o empreendimento combina com tudo que tem na Cidade Baixa. Pertinho de tudo, além do parque, dá fácil acesso a comércios, bancos, farmácias e hospitais. 

Numa proposta contemporânea, o Beat contempla de 32 a 79 m² privativos, com opções de studios garden e cobertura duplex. Funcional e dinâmico, o empreendimento é pensado para quem tem uma rotina agitada, mas não abre mão do conforto e da comodidade.

O Beat fica na Av. Venâncio Aires, 29. Ali também fica o plantão de vendas. Entre em contato com nossa equipe pelo WhatsApp (51) 999.880.777, visite-nos e conheça todas as condições facilitadas de lançamento. 

Para melhorar a sua experiência de navegação, utilizamos de cookies, entre outras tecnologias. De acordo com a nossa Política de Privacidade, ao continuar navegando, você aceita estas condições. Acesse nossa Política de Privacidade e confira como tratamos os dados pessoais.